A Universidade Federal da Paraíba (UFPB) integra a comitiva brasileira que participa da Expo 2020 Dubai, nos Emirados Árabes Unidos. O Reitor da UFPB, Prof. Valdiney Gouveia, foi uma das autoridades brasileiras que realizou pronunciamento durante a inauguração do Pavilhão do Brasil em Dubai, nesta quinta-feira (04). Também falaram o Presidente da Apex-Brasil, Rafael Nascimento, e o Superintendente da Funetec, Prof. Anselmo Castilho.

Em seu pronunciamento, o Reitor Valdiney Gouveia lembrou que o Brasil é uma referência no bloco BRICS, agrupamento formado por cinco grandes países emergentes – Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul -, e enfocou o potencial da Universidade Federal da Paraíba, apresentando sua estrutura e as oportunidades de cooperações nacionais e internacionais, incluindo com empresas públicas e privadas.

“A UFPB tem uma estrutura multicampi, contando com pesquisadores destacáveis em diferentes áreas. Em tecnologia para promoção de desenvolvimento sustentável, por exemplo, contamos com projetos e ações importantes no Centro de Informática, Centro de Tecnologia e Centro de Energias Alternativas e Renováveis. Porém, vamos muito além; ações em diversas áreas, como Biologia, Farmácia, Ecologia e Psicologia, por exemplo, indicam que poderemos encontrar soluções importantes para diferentes problemas, assegurando sustentabilidade, inovação, inclusão social e empoderamento da sociedade”, disse o Prof. Valdiney Gouveia, que também participa da semana do desenvolvimento urbano e rural que acontece no evento.

A Expo 2020 Dubai é uma exposição universal que tem como objetivo apresentar as principais inovações mundiais e possibilitar uma oportunidade única para o posicionamento internacional da imagem dos países.

As Exposições Universais são grandes eventos internacionais itinerantes que ocorrem a cada 5 anos desde 1851. Durante a Expo 2020 Dubai, as instituições universitárias poderão apresentar oportunidades de projetos e potencialidades visando atrair novos investidores estrangeiros para suas pesquisas.

Além da UFPB, na comitiva brasileira estão representantes de outras seis universidades públicas brasileiras – IFPB, IFSertãoPE, IFMA, IFS, Unila e Univasf.

O Pavilhão do Brasil, que será coberto por uma lâmina d’água, representando os rios brasileiros, trabalhará com o tema Together for Sustainable Development (Juntos pelo Desenvolvimento Sustentável). O espaço tem capacidade para receber 20 mil pessoas por dia. A arquitetura do Pavilhão e as ações que serão realizadas ao longo do evento pela Apex-Brasil e por parceiros públicos e privados contribuirão para posicionar o Brasil como um ator de relevância global nas questões relacionadas à sustentabilidade.